Menu

Vestibular

Artes Visuais

O ingresso nos cursos de graduação em Bacharelado e Licenciatura em Artes Visuais da UFPR acontece de duas formas: por meio do exame de Vestibular e pelo Processo de Ocupação de Vagas remanescentes (Provar).

O exame Vestibular é realizado anualmente pela UFPR. Normalmente, as inscrições ao processo seletivo são abertas em agosto e as provas são realizadas em outubro e novembro.

Os candidatos realizam dia 18/10 a prova da primeira fase (Conhecimentos Gerais), constituída de 90 questões, que vale 90 pontos.

Na segunda fase (domingo, 22/11) os classificados realizam as provas de Compreensão e Produção de textos, que valem 60 pontos.

Mais informações em: www.nc.ufpr.br

Vestibular 2019/2020

Relação candidato/vaga

Artes Visuais – Bacharelado: 7,6

Artes Visuais – Licenciatura: 4,7

=================================================

Música

A inscrição é no site do Núcleo de Concursos: http://www.nc.ufpr.br/

O curso não ensina a tocar instrumentos. É necessário um conhecimento básico de teoria musical e da execução de um instrumento (ou canto) para os candidatos aproveitarem adequadamente a formação oferecida, tanto na Licenciatura, quanto no Bacharelado.

Não há ingresso pelo SISU, nem aproveitamento de  nota do ENEM.

Os candidatos realizam dia 18/10 a prova da primeira fase (Conhecimentos Gerais), constituída de 90 questões, que vale 90 pontos. Na segunda fase (domingo, 22/11) os classificados realizam as provas de Compreensão e Produção de textos, que valem 60 pontos.

Provas específicas

No dia das provas específicas os candidatos se apresentarão nos locais e horários indicados pelo Núcleo de Concursos da UFPR, com documento válido com foto.

Na segunda-feira (23/11) pela manhã realizam uma prova objetiva de música com 16 questões.

Na segunda-feira (23/11) à tarde realizam uma prova prática de música.

A prova específica Objetiva de Música terá 16 (dezesseis) questões. Cada questão valerá 2,5 (dois vírgula cinco) pontos. O máximo nessa prova são 40 pontos.

Programa para a prova objetiva

Programa de Percepção Musical:   7 questões

  • Percepção de agrupamentos rítmicos em compassos simples e compostos.
  • Percepção de intervalos simples e compostos, melódicos e harmônicos.
  • Percepção de escalas e melodias tonais maiores e menores.
  • Identificação de notas em melodia tonal.
  • Percepção de tríades maiores, menores, aumentadas e diminutas.
  • Percepção de funções e progressões harmônicas nos modos maior e menor.
  • Percepção de timbres musicais.
  • Percepção de dinâmica e articulação.
  • Percepção de formas e estruturas musicais.

Programa de Teoria Musical Básica:   5 questões

  • Notação musical tradicional, rítmica e melódica.
  • Classificação de intervalos musicais.
  • Tonalidades: ciclo das quintas, armaduras de clave.
  • Acordes de três e quatro sons.
  • Noções básicas de ritmo, métrica e dinâmica.

Programa de Conhecimentos Gerais de Música: 4 questões

  • Períodos e principais formas da história da música ocidental.
  • Música Popular Brasileira na segunda metade do século 20.

Bibliografia Básica

BENNETT, Roy. Forma e estrutura na música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986. ISBN: 8571104263.

BENNETT, Roy. Uma breve história da música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986. ISBN: 8571103658.

LEMOINE, Enrique e CARULLI, G. Solfeo de los solfeos. Volumen 1A. Editapsol.

MED, Bohumil. Teoria da Música. Brasília: Musimed, 1996. ISBN: 8570920393.

POZZOLI, Heitor. Guia teórico-prático para o ensino do ditado musical. Partes I e II. São Paulo: Ricordi do Brasil. ISBN: 8599477218.

PRIOLLI, Maria Luisa de Mattos. Princípios básicos da música, V.1. Ponta Grossa: Casa Oliveira, 2013.

WILLEMS, Edgar. Solfejo. Curso elementar. Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1994. ISBN: 8574071978.

Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira – busca por: “nome do estilo musical dados artísticos” http://www.dicionariompb.com.br/

PROVA OBJETIVA DE 2019

Abaixo os áudios (sem repetições) das questões 1 a 8

 

Para a Prova Prática de Música, constarão no site do Núcleo de Concursos, antes do início da inscrição ao vestibular:

  • A Bibliografia Básica;
  • Uma partitura, ou lead sheet, em PDF, com trecho de 60 a 90 segundos de peça musical, a ser executada em um dos instrumentos: piano erudito, piano popular, violão, guitarra elétrica, contrabaixo elétrico, violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico, flauta doce, flauta transversa, clarineta, saxofone, trompete, trombone, acordeão, bateria, percussão e voz. Observe que as partituras são para determinadas versões dos instrumentos, não para todas as versões existentes;
  • Três exemplos de trechos musicais curtos, do mesmo grau de dificuldade do solfejo que será avaliado;
  • A descrição detalhada do processo de avaliação.

 

Inscrição no vestibular

Para a prova Prática de Música, no ato da inscrição, o candidato deverá escolher UMA das peças musicais (peça de confronto) ou uma peça para voz, disponíveis no endereço eletrônico do NC/UFPR. E também uma peça de livre escolha.

Na prova prática, na segunda fase, o candidato deverá trazer uma cópia impressa da partitura escolhida no site e três cópias impressas de uma partitura ou lead sheet, de uma peça de livre escolha do instrumento escolhido, que deverá ser executada do início até no mínimo 60 segundos e no máximo 90 segundos.

Os candidatos cujo instrumento seja piano ou bateria (que devem trazer suas baquetas) farão uso dos instrumentos disponíveis no DeArtes: piano mecânico ou bateria (com bumbo, surdo, caixa, dois tons, contratempo e prato). Os demais candidatos deverão trazer seu instrumento e o afinarão antes da prova.

Temos amplificador de guitarra elétrica e de baixo elétrico (tragam seu cabo P10-P10).

Os candidatos a canto terão uma trilha de acompanhamento a piano, gravada, para a peça de confronto e deverão trazer uma gravação, em wav ou mp3, em pendrive, do acompanhamento da peça escolhida.

As provas práticas serão gravadas em vídeo, com o objetivo de registrar o desempenho dos candidatos nas provas.

Cada avaliação será registrada em formulários impressos preenchidos pelos avaliadores, com a pontuação e a identificação do candidato.

Tanto para a peça de confronto, quanto para a peça de livre escolha, serão avaliados os itens abaixo, com a pontuação de 0 a 10 pontos para cada item:

  • Habilidade técnica condizente com a peça escolhida
  • Acuidade melódica e harmônica
  • Acuidade rítmica
  • Fluência no discurso musical
  • Coerência expressiva durante a interpretação da peça.

O máximo são 100 pontos.

O candidato receberá impresso o solfejo musical que deverá ser executado para a banca examinadora. O candidato terá um minuto para estudar o trecho musical. Em seguida executará uma vez o solfejo musical. O máximo de pontos na avaliação do solfejo musical é de 60 pontos.

O solfejo será avaliado pela banca, com quatro itens pontuados:

  • Acuidade na execução das alturas das notas
  • Acuidade na execução rítmica e pulso
  • Afinação
  • Fluência do discurso musical

A soma final máxima das notas obtidas nas provas práticas de música (execução instrumental das duas peças e solfejo à primeira vista) será igual a 160 (cento e sessenta) pontos. Este valor será dividido por 4 (quatro), totalizando a avaliação até 40 (quarenta) pontos.

 

Vestibular 2019/2020

Relação candidato/vaga

Música – Bacharelado: 4,6

Música – Licenciatura: 2,1

REDES SOCIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
Artes Visuais e Música – UFPR
RUA CORONEL DULCÍDIO, 638 - BAIRRO BATEL
CEP 80420-170 - CURITIBA, PR - BRASIL
TELEFONE: (41) 3307-7303
E-MAIL: deartes@ufpr.br

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR