Menu

Laboratórios

Biblioteca e espaço de estudos

A Biblioteca no DeArtes conta com acervo de Artes Visuais e Música, incluindo materiais de referência, livros, periódicos e material audiovisual. Junto com o Espaço de estudos, conta com seis computadores conectados à internet. Todo o campus tem Wi-Fi.

 

Artes Visuais

Os Laboratórios do curso de Artes Visuais são um lugar privilegiado para as pesquisas visuais e teóricas tanto para o Bacharelando quanto para o Licenciando em artes visuais. Estes são espaços fundamentais ao exercício criativo e o desenvolvimento de processos poéticos. 

LABORATÓRIO DE CURADORIA E MEDIAÇÃO – GALERIA DEARTES

Laboratório de discussão e práticas de exposições de arte vistas como o momento no qual a obra de arte ganha visibilidade pública. Configura-se como uma ampla sala de exposições, de piso de madeira, paredes brancas, localizado no segundo andar do edifício do Departamento de Artes. Atende a disciplinas obrigatórias e optativas, permitindo aos estudantes o exercício de montagem, curadoria e monitoria de exposições, assim como permitir a experimentação de conceitos e idéias discutidos em disciplinas obrigatórias para a integralização curricular. Além disso, é o lócus por excelência de apresentação da produção do curso, realizadas nos Projetos de Pesquisa e Extensão, nas disciplinas de Projetos Avançados e Trabalhos de Conclusão de Curso, assim como a integração da comunidade acadêmica com a produção de fora da universidade, de artistas convidados e de exposições selecionadas por meio do Edital de Ocupação.

 

LABORATÓRIOS DE DESENHO

O laboratório de Desenho 1, sala 202A, conta com sete mesas grandes e 16 pranchetas individuais, computador com projetor multimídia e sistema de som, lousa verde e uma pequena pia. Para incrementar seu uso, são necessários dois armários com portas para armazenamento de materiais de uso coletivo e biblioteca de sala, seis mesas de luz, suporte para corte de papéis e mapoteca para armazenamento de papéis de grande formato. Ainda, adaptação nas paredes para que possam ser utilizadas também como superfícies de desenho afixação de imagens, e aumento dos pontos de eletricidade para atender o uso das mesas de luz.

 

Laboratórios de experimentações gráficas em diversificados suportes. O laboratório de Desenho 2, sala 302A, é dedicado a atividades didáticas com aulas expositivas e práticas artísticas, atividades de extensão e pesquisa e Projetos Avançados em Desenho, além das atividades extracurriculares. Também fica disponível para utilização durante todo o tempo em que os alunos permanecem no campus. Na prática, vemos sua utilização como ateliê pessoal, servindo como uma poderosa e efetiva preparação para a vida artística pós-universidade. Conta com amplo espaço, mesas grandes, paredes brancas, computador com projetor multimídia e sistema de som, e também necessita de dois armários com portas para armazenamento de materiais de uso coletivo e biblioteca de sala, e mapoteca para armazenamento de papéis de grande formato.

 

LABORATÓRIO DE PINTURA

O laboratório de Pintura, sala 301A, é dedicado a atividades didáticas com aulas expositivas e práticas artísticas dos cursos regulares e de extensão, além das atividades extracurriculares. Além das atividades curriculares em que os alunos têm contato com os conteúdos teórico-práticos das disciplinas de pintura com suas reverberações em todas as linguagens artísticas, o laboratório permanece disponível para utilização durante todo o tempo em que os alunos permanecem no campus. Na prática, vemos sua utilização como atelier pessoal de vários alunos interessados em desenvolver suas pesquisas em horários extra aulas, servindo como uma efetiva preparação para a vida artística pós-universidade.

 

LABORATÓRIO DE GRAVURA (Ateliê de Gravura Adalice Araújo)

Laboratório equipado para o desenvolvimento das linguagens da linoleogravura, xilogravura, papelografia, calcogravura e serigrafia assim como outras experimentações com técnicas alternativas da gravura artística. O Laboratório de Gravura dispõe de duas prensas para xilogravura, uma prensa de calcogravura, sala de serigrafia, sala isolada para gravação de placas de metal com ácidos e quatro bancadas de trabalho. Para a guarda de materiais e papéis de uso individual o espaço disponibiliza gavetas e estantes em número suficiente para atender os alunos e alunas matriculados nas disciplinas de Gravura, Projetos Avançados de Gravura e Trabalhos de Conclusão de Curso relacionados à gravura.

 

LABORATÓRIO DE FOTOGRAFIA

Laboratório de experimentações com processos fotográficos. Conta com quatro computadores para tratamento de imagem, dois PC e dois iMac. Além das tecnologias digitais, tem ampliadores e equipamentos para fotografia analógica.

 

LABORATÓRIO DE MULTIMÍDIA

Em fase de implementação, é o espaço  necessário para disponibilizar aos estudantes a possibilidade de investigação em linguagens contemporâneas digitais e da rede digital (web) além da edição digital de imagens e vídeos.

 

LABORATÓRIO DE ESCULTURA

Neste espaço são desenvolvidas atividades de carácter teórico e prático, abrigando disciplinas introdutórias e de pesquisa avançada. É utilizado pelos discentes matriculados nas disciplinas em horários de contraturno para desenvolvimento de exercícios e pesquisas, sendo um espaço de uso contínuo, acompanhado por monitores e voluntários. Conta com um espaço físico com espaço razoável e mínima infraestrutura (duas bancadas de concreto, cinco estantes de metal, duas pias, banquetas altas, um computador e um Datashow, quatro mesas grande de estudo). Já foram adquiridas ferramentas manuais e elétricas, e estamos buscando viabilizar a aquisição de materiais de consumo e equipamentos específicos.

Embora seja um laboratório de experimentação de materiais e técnicas diversificadas, a instalação inadequada do forno de cerâmica de alta temperatura Linn inviabiliza a permanência no laboratório, devido aos gases exalados no processo de queima, que dura em média sete horas. Recomenda-se que o forno seja instalado no Laboratório de Cerâmica para o uso pleno do espaço.

 

LABORATÓRIO DE CERÂMICA

Localizado em uma sala anexa ao prédio principal, na lateral do Laboratório de Escultura, o Laboratório de Cerâmica foi concebido e estruturado desde 2008 pela profª. Marília Diaz. É dividido em áreas de trabalho: estudo, modelagem, esmaltação, reciclagem e queima. A sala de estudo conta com uma bancada e bancos acomodando cinco pessoas. A sala de esmaltação, de acesso restrito, com materiais específicos de esmaltação em cerâmica, utilizados sob orientação, por se tratar de materiais com risco de intoxicação, como metais pesados. A sala central, que acomoda cerca de quinze pessoas, com duas bancadas de cimento e banquetas de madeira, prateleiras de madeira para acomodação dos trabalhos, duas pias com caixa de decantação e armários de aço individuais. Na última sala está localizado um forno de alta temperatura Jung, sem instalação elétrica. Pretende-se instalar a rede elétrica apropriada nesta sala, para os dois fornos de cerâmica já adquiridos (reposicionando o forno Linn que atualmente está na sala 102- Laboratório de Escultura).

 

LABORATÓRIO DE MARCENARIA

Em fase de implementação, o projeto do laboratório de marcenaria do DEARTES UFPR visa complementar e viabilizar a utilização de equipamentos e ferramentas para trabalhos com madeira. A sala onde o laboratório está sendo instalado é localizada nos fundos do Departamento de Artes, campus Batel, mede 3m x 7m de alvenaria, com acesso restrito aos usuários conforme orientação do professor responsável. O laboratório não possui nenhum equipamento de corte elétrico de grande porte, sendo utilizado apenas para cortes de placas, acabamento de peças, molduras e entalhe em madeira. O laboratório de marcenaria possibilitará maior segurança com a efetivação de espaço específico para trabalhos com madeira. A sala já conta com serrotes, serras manuais, martelos, formões, grosas, morsas, esmerilhadeira, serra tico-tico, furadeira e mini retífica. No entanto, ainda é necessária a aquisição de equipamentos básicos como bancada de apoio e coletor de pó.

 

LABORATÓRIO DE ARTE DE AÇÃO

Em fase de projeto, o Laboratório de Arte de Ação tem o objetivo de abrigar experiências de arte não objetual baseada em ação. Deverá contar com um espaço amplo e com conforto térmico, paredes brancas, cadeiras empilháveis e colchonetes, piso com conforto térmico e de fácil limpeza, possibilidade de vedar a entrada de luz, cortinas pretas do tipo rotunda, sistema de iluminação cênica, camarins equipados com chuveiros quentes e armários, computador com projetor multimídia e sistema de som. O projetor não deve ser preso ao teto e tampouco utilizar tela fixa para projeção. Serão necessários, adicionalmente, uma mesa para o professor, armários com portas para guardar o projetor e outros equipamentos, e estantes abertas para acomodação dos materiais dos estudantes.

 

LABORATÓRIO DE MULTIMEIOS –  “O ARTISTA NA UFPR”

Vinculado ao projeto de extensão “O Artista na UFPR”, o laboratório de Multimeios – Acervo O Artista na UFPR, sala 206B, do Departamento de Artes da UFPR, é um espaço dedicado às atividades relacionadas ao projeto. Contém espaço, mobiliário, e alguns equipamentos para a execução de captura, edição e produção de audiovisuais. Dá acesso ao material digital e ao endereço eletrônico aos pesquisadores que necessitem das fontes primárias de pesquisa produzida pelos projetos de extensão O Artista na UFPR e Arte em Vídeo na UFPR.

 

Música

LABORATÓRIO DE PRODUÇÃO SONORA

O Laboratório de Produção Sonora tem 22 computadores interligados à internet, atua como sala de aula, de pesquisa e para realização de trabalhos práticos dos alunos de graduação e pós-graduação. Atende a mais de 20 disciplinas do curso e a cursos de extensão.

 

ESTÚDIO DE GRAVAÇÃO

O Estúdio de Gravação tem mesas de áudio analógicas e digitais, computador para gravação simultânea em 16 canais e é utilizado em disciplinas práticas, e para a gravação de trabalhos dos alunos em diversas disciplinas do curso, além de ensaios.

 

BIBLIOTECA E ESPAÇO DE ESTUDOS

A Biblioteca no DeArtes conta com acervo de Artes Visuais e Música, incluindo materiais de referência, livros, periódicos e material audiovisual.

Junto com o Espaço de estudos, conta com seis computadores conectados à internet. Todo o campus tem Wi-Fi.

 

LABORATÓRIO DE ETNOMUSICOLOGIA DO DEPARTAMENTO DE ARTES – UFPR (LEDA-UFPR)

Coordenador: Prof. Dr. Edwin Ricardo Pitre Vásquez

 

O Laboratório de Etnomusicologia é um organismo do que pertence ao Grupo de Pesquisa em Etnomusicologia do Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná e foi criado no ano de 2010, para promover a investigação da música produzida dentro do contexto social e cultural no Brasil e América Latina, como ênfase no Estado do Paraná.

Utiliza o campo semântico proposto pela Etnomusicologia desde uma perspectiva multidisciplinar. Fazem parte dele alunos da graduação, pós-graduação da UFPR e comunidade em geral. Possui colaboradores da Faculdade de Artes do Paraná, Universidade de Brasília e Universidade de São Paulo.

 

Realiza reuniões periódicas do grupo de estudo, promove exibição e debate de filmes e documentários etnográficos como “O Rosto no Espelho” de Renato Tapajós exibido no dia 14 de abril de 2011. O primeiro Projeto a ser desenvolvido é “Sonoridades Paranaenses”, que é realizar um inventário a partir da pesquisa do patrimônio musical brasileiro através das práticas coletivas de música no Estado do Paraná.

 

Inicialmente utilizando a pesquisa produzida na academia, realizando uma atualização a partir do grupo de investigação vinculado ao projeto, com o propósito de salvaguardar e difundir através de um suporte tecnológico chamado de “repositório musical” com a finalidade que seja apropriado por estudantes, professores, músicos e público em geral como parte do patrimônio musical brasileiro no Estado do Paraná. A identificação inicial será realizada a partir dos gêneros e estilos não tão divulgados e conhecido no Paraná, são eles: Fandango, Congada, Grupos de Maracatu, Grupos de Choro, Grupos de Jazz.

 

O Projeto abrange as áreas de Música a partir dos conteúdos, Tecnologia desde as plataformas e suportes livres para distribuição dos conteúdos, Educação como finalidade e fruição dos conteúdos. Observando sempre as questões relacionadas a Direito autoral e propriedade intelectual. Portanto, como resultado deste Projeto será criado um Banco de Dados em software livre para disponibilização de conteúdos musicais. Podendo ter a opção de ações colaborativas de conteúdo.

 

O Projeto conta com parceria do Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (LSI-POLI/USP) coordenado pela Profa. Dra. Roseli de Deus Lopes e o Laboratório de Etnomusicologia do Departamento de Artes – UFPR (LEDA-UFPR) projeto coordenado pelo Prof. Dr. Edwin Ricardo Pitre Vásquez. Com futuras parcerias dentro da área de atuação.

 

LABORATÓRIO DE MÚSICA ANTIGA – LAMUSA

Coordenadora: Profª Drª Silvana Ruffier Scarinci

 

As atividades desenvolvidas no Laboratório de Música Antiga da UFPR promovem a forte produção teórica aliada à interpretação. A participação de musicólogos especialistas no Período barroco e/ou Renascentista e artistas especializados em “Performance historicamente informada” trazem novas propostas para análise no campo científico, causando um impacto significativo na produção artística e na pesquisa de alunos e professores, ou membros externos da comunidade. Pelo seu caráter interdisciplinar, o projeto combina a divulgação científica (incluindo aqui a arte como uma manifestação de conhecimento científico) e o desenvolvimento de tecnologias necessárias para a sua implementação e inovação. Uma importante vertente do trabalho do LAMUSA tem forte caráter extensionista, com o intuito claro de abrir as portas da Universidade à comunidade.

 

Deste modo, levamos ao público concertos ou montagens de óperas barrocas – geralmente obras que não fazem parte do circuito oficial de música. Redescobrir obras esquecidas é uma das tarefas do laboratório, e divulgá-las amplamente é o que dá sentido ao grande esforço desta entusiasta equipe de trabalho.  Em termos de público, as apresentações musicais têm lotado os locais de espetáculo, com uma estimativa de 6.000 espectadores até o momento. Crianças de escolas de ensino fundamental público ou privado têm sido um dos alvos de nosso trabalho: promover o acesso das crianças a obras de raro acesso tem mostrado um resultado surpreendente: a música barroca tem o poder de falar diretamente à sensibilidade dos pequenos espectadores. Se a Universidade se quer educadora, o LAMUSA reflete sobre modelos que liberem das pressões do mundo moderno, da abominável força do mercado, esmagadora de sensibilidades mais refinadas. Trazer a público, e especialmente às novas gerações, obras que pareciam perdidas tenta iluminar nossas almas cansadas e faz com que pensemos a arte e a música de forma menos contaminada.

 

LEME – LABORATÓRIO DE ESTUDOS SOBRE MÚSICA E EMOÇÃO

Coordenador: Prof Dr. Danilo Ramos

 

O LEME – Laboratório de Estudos sobre Música Emoção – é um espaço localizado no Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná, localizado na Rua Coronel Dulcídio, 638, Batel, Curitiba, PR. Ele está destinado à produção científica do Grupo de Pesquisa Música e Emoção do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal do Paraná, o GRUME (maiores detalhes abaixo). Atualmente, o laboratório conta com duas salas:

(1) Sala da coordenação: voltada para produção científica do grupo (leituras e fichamentos de textos-referência, levantamentos bibliográficos, redação de artigos, análise estatística de dados, orientações, reuniões docentes, etc.) e também para a produção artística do grupo (material musical a ser utilizado nos experimentos e criação de arranjos em música popular). Essa sala conta ainda com um espaço reservado para recepção de professores convidados e parceiros de pesquisa do grupo da UFPR e de outras instituições;

(2) Sala experimental: voltada para a realização dos experimentos de escuta a serem conduzidos nos estudos sobre música e emoção. Trata-se de uma sala móvel que, quando não utilizada para esse fim, funciona como sala de estudos dos membros do GRUME em ambos os níveis: graduação (trabalhos de iniciação científica) e pós-graduação (trabalhos de mestrado e doutorado).

O GRUME é um grupo de pesquisa coordenado pelo professor Danilo Ramos (doutor em cognição musical: Universidade de São Paulo / Universidade de Borgonha, França) e faz parte do Programa de Pós-Graduação em Música da UFPR, dentro da linha de pesquisa intitulada Cognição Musical e Educação. O grupo está registrado no diretório de pesquisa do CNPq. Nossos interesses de pesquisa são: (1) Comunicação de emoções entre pianista (compositor / performer) e ouvinte no contexto da música popular brasileira improvisada; (2) Mecanismos subjacentes que governam as respostas emocionais à música. Para ambos os interesses de pesquisa, adota-se como referencial a Teoria Unificada das Emoções Musicais, proposta por Patrik Juslin.

As reuniões do GRUME são semanais e ocorrem às segundas-feiras, das 08h30 às 10h00 na Sala 208 do DeArtes. Elas são abertas à comunidade, com atividades que envolvem, geralmente: (1) leituras e discussões de textos-referência relacionados ao domínio da música e da emoção e/ou cognição musical; (2) orientações dos trabalhos em andamento; (3) seminários ministrados por professores convidados de outras universidades do Brasil e da América Latina; (4) apresentações orais das pesquisas de nossos alunos, seguidos de reflexões e ricos debates.

Se você quiser conhecer o GRUME, visite o nosso blog e, em seguida, participe de nossas reuniões! Para isso, basta escrever um breve e-mail demonstrando seus interesses de pesquisa, seguido de um resumo conciso de seu currículo e atividades musicais para daniloramosufpr@gmail.com.

REDES SOCIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
Departamento de Artes UFPR
RUA CORONEL DULCÍDIO, 638 - BAIRRO BATEL
CEP 80420-170 - CURITIBA, PR - BRASIL
TELEFONE: (41) 3307-7303
E-MAIL: deartes@ufpr.br

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR