Apresentação

Um dos tripés de atuação da Universidade concentra-se na extensão. Ela é de extrema importância porque leva conhecimento, informação e cultura ao cidadão. Ao pensar em um Programa de Extensão na área de música, pretende-se ampliar as atividades musicais e sair dos meios acadêmicos para atingir toda a sociedade, com propostas de cursos, concertos, festivais, palestras e debates, para citar apenas alguns exemplos.

Entende-se igualmente como importante a participação dos alunos dos cursos de música em atividades que extrapolem os muros acadêmicos para atingir um número cada vez maior de participantes. Desta forma, aumenta-se o diálogo entre a Universidade e a sociedade, de onde todos se originam, e para onde todos retornam com seu trabalho. É a inserção do estudante na comunidade, promovendo a crítica, a discussão e o crescimento do indivíduo.

A arte, em suas diversas formas de expressão, traduz elementos representativos da sociedade. Possibilita a percepção de si mesmo e do outro, do individual e do coletivo, e gera identidade essencial para a construção da cidadania.

A música, em todos os momentos da humanidade, teve papel fundamental na formação da sociedade, seja por sua conotação ritualística, seja pela sua capacidade de transmitir idéias que reproduzem ou rebatem a ordem instalada. No lazer e no trabalho, a música impulsiona corpos e idéias, auxilia no desenvolvimento do indivíduo, proporciona momentos de prazer.